top of page

Marketing pessoal: como se destacar no mercado de trabalho

Como as pessoas te veem profissionalmente? É muito importante saber essa resposta para melhorar sua imagem no mercado de trabalho. Hoje em dia, criar estratégias de marketing pessoal é essencial para construir uma carreira.

Por isso, é importante se manter atualizado sobre essa prática, tanto para se estabelecer em uma área já conquistada, quanto para almejar novas possibilidades. Assim, você pode conseguir exposição em congressos, treinamentos, workshops, cursos online, entre muitos outros. Mas como exatamente se tornar o tipo de pessoa que todas as empresas procuram? Existe uma fórmula mágica? O que é marketing pessoal? Para entender melhor esse conceito, é preciso saber o que é marketing. Essa prática consiste, basicamente, em um conjunto de planejamentos estratégicos e pesquisas de mercado para conhecer o que os clientes procuram e entender as necessidades deles a fim de adequar uma marca e realizar maiores vendas. Com um bom marketing de relacionamento, é possível, inclusive, melhorar a conexão entre cliente e empresa. Tudo isso irá promover mudanças positivas na imagem de qualquer empresa e também pode ser aplicado na vida de profissionais, o que é chamado de marketing pessoal. Esse tipo de marketing é um conjunto de estratégias elaboradas para aprimorar a sua imagem com a finalidade de chamar a atenção de empresas, clientes e até mesmo concorrentes. Após trabalhar suas atitudes e a forma como divulga seu trabalho, você trilhará um caminho mais seguro rumo ao sucesso profissional. Vivemos em um mundo que valoriza cada vez mais o posicionamento de uma marca perante o mercado. Desta forma, é preciso inventar novas formas de ser reconhecido pelas pessoas e corporações sem cair no marasmo de ideias. Além de ser visto e lembrado por todos, é importante que essas lembranças valorizem aquilo que você tem de melhor. Pense consigo mesmo: você está exaltando todo o seu potencial e se qualificando ainda mais para que os outros te enxerguem como um profissional de excelência? Quem deseja ser respeitado não pode deixar para pensar nisso depois; o momento é agora. Há muitas formas de aprender mais sobre o que é marketing pessoal e seus inúmeros conceitos e táticas infalíveis, como por exemplo em cursos a distância.. Duas coisas que você deve evitar na hora fazer marketing pessoal É essencial conhecer quais são os erros mais comuns na hora de construir a sua imagem, afinal, você não quer que nada dê errado em sua carreira, não é mesmo? Esse dois fatos representam uma péssima de marketing pessoal. Confira e fuja dessas ciladas: 1 - Ser arrogante Muitas pessoas têm costume de achar que profissionais que fazem sucesso com seus pré-requisitos são super convencidos e arrogantes. Isso pode muito bem acontecer, mas não tem uma ligação direta com o marketing pessoal. Segundo Marie-Josette Brauer, do ICCr, o brasileiro tende a ver com maus olhos quem valoriza as suas próprias competências e aí, "para fugir do rótulo de convencido, é comum que o profissional assuma uma postura excessivamente humilde, como se o sucesso fosse algo feio". Para ela, é preciso saber dosar essa personalidade para não ser prepotente e muito menos falso. O exibicionismo acaba por afastar as pessoas ao invés de agregá-las, que é um dos principais intuitos dessa prática. Quem é arrogante tende a não enxergar que isso o está prejudicando e falha na hora de criar sua reputação profissional. É sempre bom saber que está precisando se atualizar para não fazer feio. Cursos online com certificado podem ajudar bastante nisso, pois além de ensinarem conteúdos amplos e consistentes, conferem o documento para comprovar tudo o que foi aprendido pelo aluno. Bacana, não é mesmo? 2 - Falar em vez de fazer A máxima popular "falar é fácil" cabe perfeitamente nessa situação. Se você é ótimo no que faz e tem inúmeras qualidades, por que não mostra em vez de se gabar? O excesso de zêlo pelos próprios talentos pode causar desconfiança. É importante divulgar o que se sabe, claro, mas sem esquecer que é preciso mostrar bons resultados. Há casos de pessoas nas redes sociais, por exemplo, que divulgam suas qualidades e exibem currículos recheados de competências, no entanto, em uma entrevista não conseguem colocar em prática. Vale saber que isso não é marketing pessoal, é uma atitude nada autêntica e que pode colocar em risco a vida profissional. Na hora de elaborar suas estratégias de marketing, é válido expor somente as aptidões que você tem certeza que vai conseguir exercer com qualidade. Mesmo que sejam poucas, o que importa é que você seja habilidoso e possa contribuir para o crescimento de um setor ou da empresa como um todo. Não esqueça que um bom profissional está sempre buscando novos conhecimentos, não param de estudar e aprender.

0 visualização
bottom of page