top of page

Goleada e quedas precoces: relembre derrotas marcantes dos brasileiros em Mundiais

Santos, Internacional, Atlético Mineiro e Palmeiras já decepcionaram os torcedores em suas participações no torneio, que começa nesta quarta-feira (1º)

Começa nesta quarta-feira (1º) a 19ª edição do Mundial de Clubes da Fifa, disputado no Marrocos. Neste ano, o continente sul-americano será representado pelo Flamengo, atual campeão da Libertadores.

O Rubro-Negro estreia no torneio na próxima terça-feira (7), às 16h (de Brasília), contra o vencedor do jogo entre Wydad Casablanca e Al-Hilal, no Estádio Ibn Batouta.


Enquanto o Flamengo não entra em campo, a CNN preparou uma lista com as derrotas marcantes dos times brasileiros no campeonato.

Internacional

Em 2010, o Colorado desembarcou nos Emirados Árabes Unidos em busca do bicampeonato mundial. Quatro anos antes, a equipe havia se sagrado campeã ao derrotar o Barcelona de Ronaldinho Gaúcho na final do torneio.

Em Abu Dhabi, o time comandado por Celso Roth enfrentaria o Mazembe, da República Democrática do Congo, na semifinal. Amplo favorito, o Internacional pressionou o adversário, mas acabou derrotado por 2 a 0 em uma das maiores zebras da história da competição.

Pela primeira vez, uma equipe africana chegava à final do Mundial. A festa dos africanos ao término da partida, em especial do goleiro Kidiaba, emocionou o mundo do futebol. Na decisão, a Internazionale de Milão venceu o Mazembe por 3 a 0 e faturou o título.

Santos

Após conquistar a Libertadores em 2011, o Santos de Ganso, Neymar e companhia chegou ao Japão sonhando com o terceiro título na temporada. Além da conquista continental, o time treinado por Muricy Ramalho também havia levado o Campeonato Paulista.

Na semifinal, o Peixe encarou o Kashiwa Reysol. Com gols de Neymar, Borges e Danilo, os brasileiros garantiram vaga na final contra o Barcelona.

Na final, porém, a história foi completamente diferente. Recheado de craques como Xavi, Iniesta e Messi, os espanhóis, liderados pelo técnico Pep Guardiola, não tomaram conhecimento do Santos e golearam a equipe brasileira por 4 a 0, o placar mais elástico em uma decisão de Mundial.

Atlético Mineiro

Liderado em campo por Ronaldinho Gaúcho, o Atlético Mineiro foi ao Marrocos visando o título inédito. Na semifinal, o Galo enfrentou o Raja Casablanca, então campeão marroquino.

O favoritismo da equipe mineira não se confirmou quando a bola rolou. Após empate sem gols no primeiro tempo, o Raja aproveitou o apoio da torcida local e venceu o time do técnico Cuca por 3 a 1.

Na final, os donos da casa foram derrotados por 2 a 0 pelo Bayern de Munique, da Alemanha.

Palmeiras

O Mundial de 2020 foi disputado no início do ano seguinte em razão da pandemia de Covid-19. O Verdão foi ao Catar atrás do bicampeonato mundial. Na semifinal, o clube mediu forças com o Tigres, do México.

Entretanto, os brasileiros não foram páreos para os adversários. De pênalti, o centroavante francês Gignac marcou o único gol da partida e deu fim ao sonho alviverde.

Na disputa pelo terceiro lugar, o Palmeiras ainda foi derrotado pelo Al-Ahly, do Egito, nos pênaltis. Até o momento, essa é a pior campanha de um time brasileiro na competição.

Depois do bicampeonato consecutivo da Libertadores, o Palmeiras retornou ao Mundial em 2022, sediado nos Emirados Árabes Unidos. Na semifinal, veio a revanche contra o Al-Ahly: vitória palmeirense por 2 a 0.

Na final, o Verdão encarou o Chelsea, da Inglaterra. Depois de empate por 1 a 1 no tempo normal, o atacante alemão Havertz marcou de pênalti na prorrogação e garantiu o título dos ingleses.

0 visualização
bottom of page