top of page

Garimpeiro amador encontra enorme pepita de ouro na Austrália que vale mais de R$ 800 mil

Descobridor rachou a rocha no meio porque estava suja e não via o ouro

Um garimpeiro amador encontrou uma enorme pepita de ouro no valor de US$ 160 mil (R$ 831 mil) na Austrália.

Descoberta no estado de Victoria, em uma área conhecida como “Triângulo Dourado”, a rocha cheia de ouro pesa 4,6 quilos, com o metal precioso perfazendo 2,6 quilos.

Chamado de “Lucky Strike Nugget”, o espécime de ouro foi levado para a loja de prospecção Lucky Strike Gold no final do ano passado e caiu nas mãos do dono da loja Darren Kamp, que o avaliou.

“Quando chegou minha mão, meu queixo caiu”, disse Kamp à CNN “Foi simplesmente incrível. Uma descoberta única na vida”.

Kamp está no ramo de prospecção de ouro há 43 anos e disse que “nunca viu uma rocha deste tamanho com aquela quantidade de ouro”.

Muitas vezes, as pessoas vão à loja com uma pedra que parece ouro, mas não é, acrescentou.

O homem que encontrou a pedra inicialmente pegou apenas metade dela para ser avaliada e perguntou a Kamp se poderia haver US$ 6.675 em ouro nela.

A rocha estava muito suja, então o observador, que não quer ser identificado, não conseguiu ver o ouro do lado de fora, e ele a partiu em duas porque pensou que haveria uma pepita de ouro dentro, disse Kamp.

Depois de limpo, “você podia ver o ouro saindo da rocha por toda parte”, disse ele.

“Vale a pena procurar ouro”

O garimpeiro usou um detector Minelab Equinox 800 que custou US$ 800 (R$ 4,1 mil) disse Kamp.

“Isso apenas prova que uma máquina pode encontrar ouro”, acrescentou Kamp, que disse que sua loja tem vendido mais detectores recentemente, provavelmente porque as taxas de juros estão subindo e as pessoas estão procurando maneiras de complementar sua renda.

“Vale a pena procurar”, disse Kamp. “Você só precisa de dois pedacinhos e tem basicamente 200 dólares [australianos]”.

Em 2020, garimpeiros no sul da Austrália encontraram duas enormes pepitas no valor de US$ 250.000 (R$ 1,2 milhão) em campos de ouro históricos.

Em 2013, um explorador amador descobriu um valendo pelo menos US$ 300.000 (R$ 1,5 milhão).

A descoberta de ricos depósitos de ouro nas regiões de Ballarat e Bendigo de Victoria em 1851 levou a uma série de corridas de ouro na Austrália na década de 1850.

Era comum que os caçadores de fortuna encontrassem pepitas enormes, sendo a maior a “Pepita de Holtermann”, que pesava mais de 90 quilos.

Link de referência da matéria: https://www.cnnbrasil.com.br


1 visualização
bottom of page