top of page

Disputa pelo comando do Congresso, Conselho da Petrobras e mais de 31 de janeiro

Candidatos à reeleição na Câmara e no Senado respectivamente, Arthur Lira e Rodrigo Pacheco têm apoio do presidente da República e despontam como favoritos aos cargos

As disputas nas eleições do Congresso para presidentes da Câmara e Senado, e os nomes que vão compor o conselho de administração da Petrobras estão entre os destaques desta terça-feira (31).

Lula pondera riscos e tenta evitar presidente de oposição no Congresso

Os presidentes da Câmara dos Deputados e do Senado Federal, Arthur Lira (PP-AL) e Rodrigo Pacheco (PSD-MG), tentam se reeleger nos pleitos internos do Congresso que acontecem nesta quarta-feira (1º). Ambos os parlamentares contam com o apoio do presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), nas disputas.

Enquanto a interlocução entre Lula e Pacheco se mostrou orgânica desde as eleições gerais, havia dúvidas quanto à relação entre o petista e Lira. Presidente da Câmara desde 2021, o deputado foi um aliado de Jair Bolsonaro (PL) durante seu mandato e pediu votos para a reeleição do ex-presidente.

O PT aderiu à campanha de Lira somente no fim de novembro, quando tramitava na Câmara a PEC do Estouro, que possibilitou, entre outras medidas, a manutenção do Bolsa Família no valor de R$ 600. Apoiada pelo presidente da Casa, a proposta foi aprovada com mais de 20 votos de folga.


Prates decide nomes para a lista do Conselho da Petrobras

O novo presidente da Petrobras, Jean Paul Prates, já definiu pelo menos três nomes para comporem o conselho de administração da companhia.

A CNN apurou com interlocutores que Prates articulou com o Ministério de Minas e Energia que serão enviados para a Petrobras os nomes de Josué Gomes, Eduardo Moreira e Suzana Khan.

Josué Gomes é o atual presidente da Fiesp e tem chances de assumir a presidência do conselho da estatal. Ele trava uma batalha com o antecessor, Paulo Skaf, pelos rumos da federação. Anteriormente ele já tinha sido cotado pra assumir um ministério no governo Lula (PT).

Eduardo Moreira é ator, palestrante e dramaturgo. Mas, para além da carreira artística, tem atuação na área econômica, como consultor de investimentos. Ex-banqueiro, ele trabalhou no alto escalão do Banco Pactual até 2009. É formado em engenharia e economia.

A engenheira Suzana Khan também estará na lista do MME para a Petrobras. Ela é professora titular da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e coordenadora executiva do projeto fundo verde.


Após depredação, STF e Cortes se preparam para abertura do ano judiciário

Mais de três semanas após os atos criminosos de 8 de janeiro que depredaram os prédios da Praça dos Três Poderes, o Judiciário vai iniciar o ano na próxima quarta-feira (1º). A CNN apurou que o plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) já está pronto para receber sessões de julgamento e haverá vários discursos.

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) também iniciará o ano judiciário de 2023 no dia 1º de fevereiro, com sessão da Corte Especial marcada para as 14h.

O Plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) também realiza no mesmo dia sessão, às 19h, que apresentará em pauta o julgamento de listas tríplices e recursos.


Lula autoriza controle do espaço aéreo de território Yanomami e abertura de postos da Funai

O presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), assinou nesta segunda-feira (30) um decreto com pacote de medidas para enfrentamento do garimpo ilegal no território Yanomami e combate à crise humanitária que atinge o povo indígena.

O texto autoriza o Comando da Aeronáutica a criar uma Zona de Identificação de Defesa Aérea (Zida) sob o território Yanomami. A medida permite que a segurança nacional possa identificar, rastrear e controlar aeronaves civis que passem pelo espaço aéreo. Na zona, a Aeronáutica pode adotar medidas contra qualquer tráfego aéreo que possa envolver ato ilícito.

Segundo o decreto, o Ministério da Defesa vai fornecer dados de inteligência a equipes da Polícia Federal (PF), Ibama e outros órgãos atuantes para ajudar na neutralização de aeronaves e de equipamentos utilizados para a mineração ilegal no território.


PT e PL organizam jantares na antevéspera de eleições no Congresso

O presidente da Câmara, Arthur Lira, participou na noite desta segunda-feira em Brasília de um jantar da bancada do PT na Câmara em um restaurante em Brasília.

Em seu discurso, segundo deputados petistas presentes no evento, ele disse que sua eventual vitória na eleição para a presidência da Câmara é um primeiro passo da pacificação do país. O pedido por pacificação do país é encampado também pelo presidente Lula em suas falas.

O ex-presidente Jair Bolsonaro discursou à distância, na noite desta segunda-feira, em jantar do seu partido, o PL, em Brasília, para promover a candidatura de Rogério Marinho à presidência do Senado.

Sem entrar em detalhes sobre as razões para continuar nos Estados Unidos, Bolsonaro afirmou que ele e seus apoiadores construíram um projeto com valores, segundo o ex-presidente, “imorrível”.

0 visualização
bottom of page