top of page

Astronauta da Apollo, Frank Borman morre aos 95 anos

Anúncio foi feito pela Nasa nesta quinta-feira (9); ele faleceu em Montana, nos Estados Unidos

Morreu o astronauta-chefe da Apollo, coronel Frank Borman, aos 95 anos, em Billings, Montana (Estados Unidos), informou a Nasa. Ele comandou a primeira missão a orbitar a lua.


“Hoje, relembramos um dos melhores da Nasa. O astronauta Frank Borman foi um verdadeiro herói americano. Entre suas muitas realizações, ele serviu como comandante da missão Apollo 8, a primeira missão da humanidade ao redor da Lua em 1968”, disse o administrador da Nasa, Bill Nelson, nesta quinta, em nota.


“Além de seu papel crítico como comandante da missão Apollo 8, ele é um veterano da Gemini 7, tendo passado 14 dias em órbita baixa da Terra, conduzindo o primeiro encontro no espaço, chegando a poucos metros da espaçonave Gemini 6″, continuou Nelson.

Borman morreu em 7 de novembro, de acordo com o comunicado.


Em 1967, Borman foi membro do conselho de revisão da Apollo 204, que investigou um incêndio que matou três astronautas na Apollo 1, de acordo com a breve biografia da Nasa. Mais tarde, Borman lideraria a equipe que reprojetou a espaçonave Apollo.


Borman continuou seu trabalho na aviação após sua carreira na Nasa como CEO da Eastern Airlines, finalizou o texto.


Relembre: Astronauta Michael Collins, piloto da primeira missão à Lua, morre aos 90 anos


Link de referência da matéria: https://www.cnnbrasil.com.br




2 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page