top of page

“Urso do Pó Branco”: a história real do urso que ingeriu cocaína e inspirou o filme

O longa estreia nos cinemas brasileiros esta semana

“O Urso do Pó Branco”, dirigido por Elizabeth Banks, chega nos cinemas brasileiros nesta sexta-feira (30) e conta a história de um urso que come quantidades consideráveis de cocaína por acidente.

Quando o trailer foi compartilhado nas redes sociais, ainda em novembro de 2022, alguns internautas consideraram a história muito “maluca” para ser verdade. No entanto, um caso real da década de 1980 serviu como base para o roteiro do filme que mistura sátira e terror.



A história é real?

Sem spoiler, de fato um urso ingeriu muita cocaína e morreu de overdose – ao contrário do que acontece no filme que, ao comer a substância, o animal entra em estado de alucinação e fica muito mais agressivo que o normal.

O caso aconteceu em 1985, na Geórgia (EUA), quando um ex-policial que se tornou narcotraficante transportava 40 pacotes de cocaína em um avião. Por um motivo até hoje não descoberto, o americano começou a descartar a droga no ar e pulou de paraquedas com alguns pacotes amarrados no corpo.

Encontrado morto em uma casa, a autópsia revelou que o peso do seu corpo somado ao peso das drogas impediu a abertura do paraquedas. Os pacotes descartados no ar caíram em uma floresta onde o urso de 80 quilos vivia.

Uma nota publicada no The New York Times revela que “a cocaína foi aparentemente lançada de um avião pilotado por Andrew Thornton, um traficante de drogas condenado que morreu em 11 de setembro porque carregava uma carga muito pesada durante o paraquedismo”.

A matéria de dezembro de 1985 ainda diz que “a agência afirma que o urso foi encontrado na sexta-feira no norte da Geórgia entre recipientes de plástico abertos com vestígios de cocaína.”

De acordo com o legista, o estômago do animal “estava literalmente entupido de cocaína até a borda”. A pessoa que encontrou o urso morto demorou três semanas para informar as autoridades e entre 3 a 4 gramas da substância em sua corrente sanguínea foram detectadas. Não há muitos estudos sobre doses de cocaínas em ursos, mas uma dose fatal para um ser humano de peso similar é cerca de 8 gramas.

Apelidado de Cocaine Bear, que deu nome ao título original do filme, e de Pablo Eskobear (junção do nome Pablo Escobar, um dos traficantes mais famosos, com “bear”, que significa urso em inglês) as autoridades locais empalharam o animal e o transformaram em atração turística.

Hoje em dia, o “urso da cocaína” faz parte da cultura da região e até mesmo camisetas e canecas estampando o seu rosto podem sem adquiridas em uma loja virtual.

O Urso do Pó Branco

O roteiro assinado por Jimmy Warden traz a história da queda do avião, mas desenvolve o comportamento do urso após comer a substância.

O elenco é formado por Ray Liotta, Keri Russell, Alden Ehrenreich, O’Shea Jackson e Jesse Tyler, além de outros nomes que dão vida a um curioso grupo de policiais, criminosos, turistas e adolescentes.


Link de referência da matéria: https://www.cnnbrasil.com.br

0 visualização
bottom of page