top of page

Saiba como o Paquistão resgatou as crianças que estavam presas em teleférico

Oito pessoas foram resgatadas após quase 14 horas em teleférico na província de Khyber Pakhtunkhwa

Lutando contra a ansiedade, as pessoas presas nesta semana em um teleférico no Paquistão foram dominadas pelo medo enquanto oscilavam a centenas de metros de altura.


Com pouco para beber, as seis crianças e dois adultos suportaram uma provação de 14 horas encalhados acima das florestas da província montanhosa de Khyber Pakhtunkhwa, no norte do Paquistão.

Mas seus pedidos de ajuda foram atendidos e, no fim da terça-feira (22), as autoridades revelaram como salvaram os passageiros: um de helicóptero e os outros de uma tirolesa, em uma operação de resgate complicada pelo clima.

“A missão de resgate foi dificultada pelos fortes ventos na área e pelos perigos envolvidos em tais operações”, disseram as forças armadas do Paquistão em um comunicado.

O teleférico, que viajava entre os vilarejos de Batangi e Jhangri no distrito de Battagram –a cerca de quatro horas da estrada mais próxima– é usado para transportar crianças para a escola, reduzindo uma viagem de quase quatro horas para questão de minutos.

Mas o que era para ser uma rápida viagem se transformou em um cenário de vida ou morte, depois que um dos cabos se partiu, deixando o grupo preso a cerca de 275 metros acima de um vale.

Com o teleférico suspenso pelo que parecia ser um único cabo, os militares embarcaram em uma missão para resgatar os que estavam a bordo, puxando uma criança de helicóptero e trazendo as outras para a segurança por meio de uma tirolesa.

Imagens divulgadas pelos serviços de resgate capturaram o momento em que uma criança apareceu para pular do teleférico, enquanto se agarrava à ponta de uma corda pendurada em um helicóptero, antes de ser levada para um local seguro. Em outro vídeo, os trabalhadores podem ser vistos puxando os dois adultos para uma tirolesa depois que a escuridão da noite dificultou o resgate aéreo. A equipe de socorro deu medicamentos contra náusea aos passageiros após relatos de vômitos. As vítimas também receberam remédios para o coração, de acordo com Tanveer Ur Rehman, vice-comissário do distrito de Battagram. A notícia do resgate bem-sucedido reverberou por todo o Paquistão. “Aliviado em saber que Alhamdolillah e todas as crianças foram resgatadas com sucesso e segurança. Grande trabalho em equipe pelos militares, departamentos de resgate, administração distrital e também pela população local”, escreveu o primeiro-ministro interino Anwaar ul Haq Kakar. Os teleféricos são um meio de transporte regular para os residentes de Khyber Pakhtunkhwa, onde a viagem entre as aldeias pode levar horas devido às densas florestas. O distrito de Battagram, onde fica o teleférico, é empobrecido e carece de infraestrutura e desenvolvimento. As famílias contam com os teleféricos construídas localmente, alguns deles feitas com sucatas de metal e vans descartadas, para se deslocar para a escola e até para o hospital. No entanto, esses teleféricos podem carecer de manutenção adequada e já estiveram envolvidos em desastres no passado. Em dezembro, 12 crianças foram resgatadas de outro teleférico no leste de Khyber Pakhtunkhwa. Esse incidente levou o primeiro-ministro interino do Paquistão a ordenar que todos os “teleféricos dilapidados e não conformes” fechassem imediatamente, de acordo com um comunicado de seu escritório na época.

Link de referência da matéria: https://www.cnnbrasil.com.br

0 visualização0 comentário

Comments


bottom of page