top of page

Rapper é preso após supostamente confessar assassinato em letra de música

Kenjuan McDaniel foi preso em 29 de agosto sob a acusação de homicídio com arma de fogo


Um rapper de Nevada, Estados Unidos, foi preso sob a acusação de assassinato depois que a polícia de Las Vegas disse que ele confessou um assassinato na letra de sua música.


Kenjuan McDaniel foi preso em 29 de agosto sob a acusação de assassinato com arma de fogo, disse um comunicado à imprensa do Departamento de Polícia Metropolitana de Las Vegas. Sua fiança foi fixada na quinta-feira (7) em US$ 1 milhão, mais monitoramento eletrônico, de acordo com os documentos emitidos pelo tribunal.


A CNN entrou em contato com o advogado de McDaniel para comentar, mas não obteve resposta.

McDaniel foi considerado suspeito na morte de Randall Wallace em 18 de setembro de 2021, em parte, devido à sua ligação com um veículo que correspondia à descrição daquele usado durante o crime, de acordo com um mandado de prisão redigido.


Em julho, um detetive notou um videoclipe postado por McDaniel no YouTube e, ao observar a letra do vídeo, viu que nela constavam partes que se referiam ao mandado do assassinato.


“Os detetives notaram que o videoclipe tinha um nível suficiente de semelhança com os detalhes do assassinato. Isso inclui o fato de Kenjuan ter confessado o assassinato em suas letras. Os detalhes fornecidos por Kenjuan em seu videoclipe não foram divulgados ao público e não seriam de conhecimento comum”, dizia o mandado.


Parte da música tinha o seguinte trecho: “Estacionei o carro, recuei, a maneira mais inteligente de deslizar, entrei. Tranque duas vezes, cara, certifique-se de pegar seu corpo”, que o mandado afirma que inclui detalhes do assassinato que não foram divulgados ao público.


Além disso, afirma que, embora McDaniel tenha feito rap no vídeo, ele reencenou elementos do assassinato que eram “consistentes com as evidências do local”.


“Os fatos apurados durante a investigação foram obtidos separadamente do videoclipe, que validou ainda mais os resultados da investigação”, acrescentou.


McDaniel tem uma audiência preliminar marcada para esta quinta-feira (14).


Link de referência da matéria: https://www.cnnbrasil.com.br

0 visualização0 comentário

Comments


bottom of page