top of page

Profissões militares que talvez você não conheça

A semana é de celebrações aos militares, afinal, duas datas relembram a importância destes profissionais. Primeiramente, o dia 10 de junho, marcado como o Dia da Artilharia, enquanto o dia da Marinha é relembrado no dia 11 de junho.

A primeira data diz respeito ao nascimento do Marechal Emílio Luís Mallet, o Barão de Itapevi, no ano de 1801. Por outro lado, o dia da Marinha é comemorado no dia 11 por causa da Batalha Naval do Riachuelo, um dos conflitos da Guerra do Paraguai.

Major do Exército O major do Exército desempenha funções de adjunto de comando em uma unidade do Exército, ocupando a primeira patente de oficiais superiores. Sua atuação pode ser desempenhada com atuação direta no apoio ao comando das tropas quanto às funções de Estado Maior. Geralmente, o aprovado no concurso leva cerca de 15 anos (entre promoção para tenente e capitão) para se tornar major.

Major da Polícia Militar O major da Polícia Militar é um dos oficiais da corporação, que ocupa uma posição de chefia em relação à patente de capitão e outras patentes (tenentes, sargentos, cabos e soldados). o comando de unidades de soldados ao qual é designado e o apoio ao coronel da polícia, seu superior na hierarquia, são atividades que dizem respeito ao major da Polícia Militar. De acordo com a página da profissão, o major da Polícia Militar pode desempenhar funções burocráticas, que mesclam suas habilidades de formação superior às necessidades de gerenciamento de recursos do batalhão. O cabo da Marinha é a primeira graduação dos praças: o praça ingressa na Marinha como marinheiro e a partir daí pode evoluir para cabo. Sua atuação pode ocorrer comandando unidades militares pequenas de cerca de três marinheiros em missões, se o trabalho for como integrante do Corpo de Fuzileiros Navais. Além disso, o cabo poderá desempenhar serviços relacionados ao preparo dos navios e da força naval, caso seu trabalho seja no Corpo da Armada. Para se tornar cabo da Marinha, o candidato precisa ser aprovado nos concursos para integrar o círculo dos praças da Marinha. Após a aprovação, é possível realizar os concursos internos e obter a promoção para a hierarquia de cabo. Capitão do Exército De acordo com a página da profissão, o capitão do Exército é um oficial considerado de nível intermediário, que possui responsabilidades ligadas ao comando de uma companhia. Cada companhia engloba três pelotões e, portanto, essa unidade militar soma em torno de 150 militares de hierarquia inferior ao capitão. Para se tornar capitão do Exército, o primeiro passo é a formação como oficial na Academia Militar das Agulhas Negras. Após iniciar a trilha profissional como militar de carreira, a ascensão até o posto de capitão acontece após cerca de 8 anos. O coronel da Polícia Militar é o comandante-geral da corporação da Polícia Militar dentro das Unidades Federativas (UF). O coronel é subordinado ao governador do mesmo estado em que atua e as diretorias que gerenciam administrativamente os recursos da PM estão subordinadas ao coronel. Para chegar nesse cargo, o oficial da Polícia Militar deve trilhar um longo caminho. Iniciando como subtenente, o militar deverá passar pelos postos de segundo-tenente, primeiro-tenente, capitão, major e tenente coronel. Por fim, o governador do estado fará a escolha do coronel da Polícia Militar. Terceiro-Sargento do Exército O terceiro-sargento do Exército ocupa a graduação seguinte ao cabo e poderá fornecer orientações básicas aos soldados. De acordo com a página da profissão, comandos militares, marcha, formalidades para com os superiores, treinamentos físicos e o acompanhamento dos resultados individuais de cada soldado são atribuições do Terceiro-Sargento. O soldo (remuneração básica militar) do terceiro-sargento é de R$3.825,00, de acordo com o Exército Brasileiro. Não deixe de conferir mais informações sobre outras profissões militares, como a de Primeiro-Tenente do Exército.

3 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page