top of page

Profissões em alta na área de Transportes

A UNIFF veicula nesta quinta-feira (02/06) mais uma publicação da série textual sobre Profissões em Alta. Nesta semana, o tema abordado é a área de Transportes, e as possibilidades de atuação, formação e o mercado para os respectivos profissionais.

A área de transportes abrange atuações mais estratégicas e/ou operacionais ao profissional; confira a lista da UNIFF que possui oito profissões que desempenham funções com pessoas, cargas ou produtos 1- Tecnólogo em Estradas O curso superior de tecnologia em Estradas possui duração média entre três anos ou três anos e meio de para conclusão. Este profissional poderá atuar com diversas etapas de processo de pavimentação, sistemas de drenagem, consultoria e validação de documentos técnicos, elaboração de orçamentos ou atuação em licitações, podendo coordenar equipes que protagonizam trabalho em campo. O tecnólogo em Estradas está apto ao trabalho com ações que permitam/otimizem/possibilitem o deslocamento de pessoas e/ou cargas através das diversas vias. Além da conexão entre cidades, a atuação deste profissional poderá contemplar direta ou indiretamente outros setores pertencentes aos vieses sociopolíticos e econômicos.

2- Engenheiro hídrico Conhecido pela atuação com os recursos hídricos, este profissional também poderá trabalhar com transportes fluviais e, um dos exemplos, é o estudo da hidráulica fluvial para análise do escoamento dos rios. O engenheiro hídrico está apto a realizar estudos e análises sobre as hidrovias, bem como identificar locais que sejam propícios - ou inadequados - à navegação. Além disso, este profissional poderá trabalhar com sistemas e circuitos hidráulicos dentro de questões referentes aos transportes.

3- Mecânico de carro De acordo com os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), em 2021, apenas três das 27 unidades federativas do Brasil (26 estados do país e o Distrito Federal) não apresentaram crescimento nos índices de contratação desta profissão. O mecânico de carro (ou mecânico de automóveis) é capaz de desmontar o automóvel, reparar e substituir qualquer peça, ajustar e lubrificar o motor de um veículo. Para isso, o profissional utiliza ferramentas e instrumentos apropriados. Além disso, este profissional pode atuar na manutenção de veículos para garantir uma maior vida útil ao veículo. 4- Motorista Em 2021, 17 unidades federativas do país apontaram números positivos sobre a criação de vagas para motoristas. Esse dado foi mencionado pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) que também apontou crescimento do número de contratações nos estados de Goiás, Minas Gerais, Mato Grosso e Santa Catarina para este profissional. De acordo com a página da profissão, o motorista realiza o transporte de pessoas, cargas, documentos ou produtos para um destino estabelecido. Ele possui conhecimento em leis de trânsito e normas de segurança, itinerários e poderá inspecionar as condições do veículo, como a parte elétrica, pneus e abastecimento de combustível. 5- Piloto de avião A profissão de piloto de avião é regulamentada desde 1984 e este profissional realiza uma formação bastante extensa, com muitas etapas de preparação. Além disso, os custos envolvidos costumam ser altos e dependem do tipo de aeronave que se pretende pilotar. De acordo com a página da profissão, o mercado está em alta para a maioria dos estados no país. Segundo o Anuário Brasileiro de Recursos Humanos para Aviação Civil 2019, do Instituto Brasileiro de Aviação, o salário médio dos pilotos de aeronaves da aviação civil é de R$ 16.470,00. 6- Mecânico A lista contempla mecânico de carros e mecânico? Sim! Vale destacar que o mecânico é o profissional responsável por realizar reparação de problemas em motores e maquinaria, como automóveis e outros veículos de transporte, assim como os equipamentos industriais e outros. O estado de São Paulo teve mais de 5 mil vagas novas (5.069) para mecânicos em 2021, de acordo com o CAGED. Outros estados do país também apresentaram índices de crescimento, como as 2.663 vagas na Bahia, 3.223 vagas em Goiás, 3.342 em Mato Grosso, 4.217 vagas em Santa Catarina e as 9.929 vagas em Minas Gerais. 7- Comissário de bordo O comissário de bordo costuma não ter muita rotina, afinal, seu trabalho envolve cruzar os mais variados lugares do país e do mundo. Este profissional tem atuação direta na organização, segurança e conforto dos passageiros em uma viagem aérea. O profissional poderá atuar em diversos cenários, como:

  • recebimento dos passageiros,

  • direcionar as pessoas para suas poltronas,

  • auxílio na disposição das bagagens de mão dentro da aeronave,

  • servir alimentos e bebidas aos passageiros,

  • veicular informações e verificar condições de segurança

8- Engenheiro de mobilidade O engenheiro de mobilidade é um profissional versátil e apto ao trabalho em vários cenários como, por exemplo, a infraestrutura rodoviária, ferroviária, portuária e aeroportuária. Uma das possibilidades de atuação é trabalhar com a realidade dos centros urbanos e, diante deste cenário, sua função é zelar pela sinalização viária e pela organização e planejamento do transporte urbano.

3 visualizações
bottom of page