top of page

Polícia Federal: conheça todas as carreiras

A carreira policial pode ser um sonho para muita gente. Defender a lei, conseguir um emprego estável e ter o futuro garantido são alguns dos motivos que atraem tantos candidatos. Esse também é o seu objetivo?

Para ser formado policial federal, é necessário prestar concurso público a nível nacional. Só no último concurso da Polícia Federal realizado em 2021, foram 321.014 inscrições para preencher 2.000 vagas. Assim, desde já é preciso ter em mente que o curso tem uma alta concorrência, ou seja, é necessário se dedicar bastante aos estudos para garantir a sua vaga.

Muitas pessoas não sabem, mas é possível ser formado em outras áreas, administração, enfermagem, odontologia, psicologia, dentre outras e entrar para a Polícia Federal. Tem oportunidade para todos! Em parceria com a UNIFF, o Estratégia Concursos listou quais são as oportunidades na Polícia Federal (PF). Conheça mais sobre a carreira na PF e descubra qual área de atuação é a melhor para você, de acordo com seu perfil: O que faz a Polícia Federal? A atividade da Polícia Federal está prevista na Constituição da República Federativa do Brasil de 1988 (CF/88). Segundo ela, a PF deve:

  • Apurar infrações penais contra a ordem política e social;

  • Apurar infrações penais praticadas em detrimento de bens, serviços e interesses da União ou de suas entidades autárquicas e empresas públicas;

  • Apurar outras infrações penais cuja prática tenha repercussão interestadual ou internacional e exija repressão uniforme, segundo se dispuser em lei;

  • Prevenir e reprimir o tráfico ilícito de entorpecentes e drogas afins;

  • Prevenir e reprimir o contrabando e o descaminho, sem prejuízo da ação fazendária e de outros órgãos públicos nas respectivas áreas de competência;

  • Exercer as funções de polícia marítima, aeroportuária e de fronteiras;

  • Exercer, com exclusividade, as funções de polícia judiciária da União.

Quais os requisitos para ingressar na Polícia Federal? Para se candidatar ao concurso da PF, você precisa:

  • Ter pelo menos 18 anos completos na data de matrícula no Curso de Formação Profissional (não há idade máxima);

  • Ter nacionalidade brasileira ou portuguesa;

  • Estar em dia com as obrigações eleitorais;

  • Possuir a escolaridade e a formação exigidas para o exercício do cargo (cada carreira tem seu próprio pré-requisito);

  • Estar quite com as obrigações militares (somente candidato do sexo masculino);

  • Possuir carteira de identidade civil e carteira nacional de habilitação, categoria “B”, no mínimo;

  • Não ter sido eliminado na investigação social;

  • Ter aptidão física e mental para o exercício das atribuições do cargo;

  • Para o cargo de delegado, são necessários três anos de atividade jurídica ou policial.

Para passar no concurso, obviamente, você precisa estar bem preparado. Para isso, procure sites que ofereçam os melhores materiais e professores. Quais são as áreas de atuação dentro da Polícia Federal? As carreiras da Polícia Federal dividem-se em policial e administrativa, ambas possuem cargos com exigência de nível superior e de nível intermediário. Carreiras Administrativas Os cargos da carreira administrativa não têm muita afinidade com a área policial, sendo das mais diversas áreas. Carreira administrativa de nível intermediário Esta carreira subdivide-se em 9 cargos: agente administrativo, agente de comunicação social, agente de telecomunicações e eletricidade, auxiliar de assuntos educacionais, auxiliar de enfermagem, desenhista, operador de computador, programador e técnico em contabilidade. Essas possuem nível médio e técnico. Carreira administrativa de nível superior Já a carreira administrativa de nível superior é fracionada em 29 cargos, dentre os quais se destacam: administrador, contador, enfermeiro, engenheiro, médico, odontólogo, psicólogo e técnico em assuntos educacionais. Carreiras Policiais Os cargos da carreira policial na PF são:

  • Delegado;

  • Perito Criminal;

  • Escrivão;

  • Agente;

  • Papiloscopista.

Delegado da Polícia Federal Este é o único cargo da carreira da PF da área policial que exige o diploma de ensino superior, no caso de Direito. Exige-se, também, 3 anos de atividade jurídica ou policial. A principal atribuição do Delegado da Polícia Federal é instaurar e presidir procedimentos policiais de investigação. Pode ainda ocupar cargos de chefia, como Superintendência, Delegacia ou Posto de Fronteira. Sobre a jornada de trabalho, a carga é de 40 horas semanais em regime de tempo integral e com dedicação exclusiva. Leia mais: Teste Vocacional para Direito: descubra se tem perfil para o curso Perito Criminal Federal A carreira de perito criminal da Polícia Federal é caracterizada pela multidisciplinaridade, pois permite o ingresso de profissionais (de nível superior) de 19 áreas diferentes. Entre elas:

  • Ciências Contábeis ou Ciências Econômicas;

  • Engenharias;

  • Ciências da Computação;

  • Geologia;

  • Ciências Biológicas;

  • Medicina;

  • Odontologia;

  • Farmácia;

  • Física;

  • Biomedicina;

  • Medicina Veterinária.


As atribuições do Perito englobam a realização de exames periciais em locais e em instrumentos utilizados (ou presumivelmente utilizados) na prática de infrações penais. Ou seja, é por meio do seu trabalho que se obtém a prova científica e irrefutável, exigindo conhecimento amplo, irrestrito e interdisciplinar.

Escrivão de Polícia Federal A carreira de escrivão aceita qualquer diploma de ensino superior. É um cargo que exige maior conhecimento das formalidades processuais, pois irá lavrar termos, autos e mandados, observando os prazos necessários ao preparo, à ultimação e à remessa de procedimentos policiais de investigação. Enfim, é um cargo um pouco mais administrativo dentre os da carreira policial, pois lida bastante com papéis e prazos. De qualquer modo, caso necessário, poderá ter funções operacionais. Agente da Polícia Federal Este também é um cargo que exige conclusão de qualquer curso superior em nível de graduação e geralmente é o cargo que tem mais oferta de vagas. O cargo de Agente é estreitamente ligado às operações realizadas pela Polícia Federal. Ele é responsável por executar investigações e operações policiais na prevenção e na repressão a ilícitos penais, dirigir veículos policiais e desempenhar outras atividades de natureza policial e administrativa. Os agentes podem ser alocados em diversas funções: fiscalizar fronteiras, investigar e combater crimes de competência da União, executar operações especiais, além de exercer as funções já mencionadas no início deste artigo. Papiloscopista Policial Federal Também pede diploma de ensino superior, mas pode ser de qualquer curso. As funções do Papiloscopista são executar, orientar, supervisionar e fiscalizar os trabalhos papiloscópicos de coleta, análise, classificação, subclassificação, pesquisa, arquivamento e perícias. Como exemplo do trabalho executado pelo papiloscopista, pode-se citar a coleta e o reconhecimento de impressões digitais, facial, de cédulas de dinheiro e de identidade dos servidores. Grupos de Elite da Polícia Federal Todos os cargos podem participar dos comandos e grupos operacionais de elite da PF, tais como o Comando de Operações Táticas (COT) e os Grupos de Pronta Intervenção (GPI), trabalhando em intervenções de alto risco e que exijam extremo preparo das forças policiais. Remuneração dos cargos da Polícia Federal A remuneração é um dos principais motivos da carreira na PF ser tão buscada e atrativa para quem presta o concurso. De acordo com o último levantamento, os salários para Delegado e Perito Criminal vão de R$ 23.692,74 até R$ 30.936,91. Já os salários de Agente, Escrivão e Papiloscopista vão de R$ 12.522,50 a R$ 18.651,79. Além disso, há alguns benefícios adicionais ofertados à policiais federais que trabalham em fronteiras, que podem chegar a até R$ 2 mil por mês. Importante ressaltar que, para todos os cargos, a carga horária de trabalho semanal é de 40 horas.

Próximos concursos da PF Em 2021, o concurso da Polícia Federal foi realizado pela Cebraspe e ofertou 1.500 vagas, sendo 893 para o cargo de Agente, 400 para Escrivão, 84 para Papiloscopista e 123 vagas para Delegado. Posteriormente, em 12 de abril de 2022 o Governo Federal anunciou a convocação de mais 500 excedentes em. As datas e o edital do concurso da PF de 2022 ainda não foram divulgados.

1 visualização
bottom of page