top of page

Outono tem clima propício para agravar alergias; saiba como prevenir

À alergista Ana Karolina Marinho contou quais são as alergias mais comuns para a estação do ano

A mudança de temperatura que vem com o outono, com ar seco, diminuição da umidade relativa do ar, e questões ambientais como poeira e ácaro, agrava alergias respiratórias.

É o que explica a alergista e imunologista Ana Karolina Marinho, no Correspondente Médico.


Entre as alergias mais comuns, estão “a rinite, a asma e a conjuntivite alérgica” e quem já tem esses quadros “vai sofrer um pouco mais” no outono.

Os sintomas frequentes são “coriza, espirros, nariz entupido e coceira no nariz e olho, além de conjuntivite alérgica”, no caso da rinite.

Os asmáticos podem ter a falta de ar agravada, chiado no peito e tosse.

Além das respiratórias, as alergias de pele também merecem atenção nesta época do ano.

Segundo Ana Karolina, “quando a temperatura cai, a tendência é de a pele ficar mais seca, em especial quem já tem dermatites, os banhos quentes também prejudicam.”

A prevenção, de acordo com a alergista, passa por antialérgicos, higiene nasal, hidratação e controle em casa.

“O controle ambiental é importante, como tirar o casaco guardado no armário e lavar antes, o mesmo com cobertores.”

Também é essencial “não esquecer das vacinas, já que vírus respiratórios desencadeiam alergias nessa época.”

O tratamento ainda conta com medicamentos tópicos, que podem ser indicados por profissionais de saúde.


Link de referência da matéria: https://www.cnnbrasil.com.br

0 visualização
bottom of page