top of page

Modelo brasileira relata caos em voo que deixou feridos nos EUA: “tudo estava voando por toda parte”

Voo da Lufthansa saiu do Texas e tinha como destino a Alemanha; Camila McConaughey relatou momentos de tensão nas redes sociais

Um voo da Lufthansa que viajava do Texas para a Alemanha foi desviado para o Aeroporto Internacional Washington Dulles, na Virgínia, na noite de quarta-feira (1º) devido a uma turbulência que deixou alguns passageiros feridos, disse um porta-voz do aeroporto.

A modelo brasileira Camila McConaughey, esposa do ator americano Matthew McConaughey, estava no voo e publicou um vídeo nas redes sociais (veja abaixo) mostrando o interior da aeronave após a turbulência.


“O avião estava um caos. Tudo estava voando por toda parte”, escreveu a brasileira.

O voo 469 da Lufthansa, que decolou de Austin, experimentou “turbulência significativa” e pousou com segurança em Dulles, disse o porta-voz da Autoridade dos Aeroportos Metropolitanos de Washington, Michael Cabbage.

Sete pessoas foram transportadas para hospitais, disse Cabbage.

Uma turbulência breve, mas severa, aconteceu cerca de 90 minutos após a decolagem e resultou em ferimentos leves em alguns passageiros, diz um comunicado dado à CNN por um porta-voz da Lufthansa.

“Esta foi a chamada turbulência de ar claro, que pode ocorrer sem fenômenos climáticos visíveis ou aviso prévio”, diz o comunicado.

“Os passageiros afetados receberam atendimento inicial a bordo pelos comissários de bordo treinados para esses casos. Como a segurança e o bem-estar dos passageiros e tripulantes são a principal prioridade em todos os momentos, a tripulação do cockpit decidiu fazer um pouso alternativo para (aeroporto Dulles) após voar através da turbulência.”

A tripulação do Airbus A330 relatou ter encontrado a turbulência a uma altitude de 37.000 pés sobre o Tennessee, disse a Administração Federal de Aviação à CNN.

O voo pousou no aeroporto de Dulles por volta das 21h10, disse o porta-voz da FAA, Ian Gregor.

A FAA vai investigar o incidente, disse Gregor.

‘O avião aumentou de altitude, então caímos 1.000 pés’ Susan Zimmerman estava entre os passageiros a bordo do voo 469 quando encontrou a forte turbulência na quarta-feira.

Zimmerman, que é de Austin e está grávida de cinco meses, disse à CNN que tinha acabado de comer e estava prestes a ir ao banheiro quando a turbulência começou.

“Durante o serviço de jantar, de repente houve um cisalhamento do vento, o avião aumentou de altitude e caímos 1.000 pés”, disse ela.

“Foi como uma queda livre inesperada por cinco segundos do topo de uma montanha-russa, pratos e copos estavam no teto e minha bolsa do chão voou atrás de mim para a direita.”

Ela notou que em duas ocasiões o avião parecia estar caindo repentinamente e ela podia ouvir pessoas gritando e vidros quebrando.

“Estou feliz que na maior parte do tempo estamos todos bem. Isso foi muito chocante”, disse Zimmerman. “Houve um momento de ‘oh meu Deus, vou conhecer minha filha’.”

Assim que o avião pousou, ela disse que itens do serviço de jantar estavam espalhados por toda a cabine, como se tivesse havido uma guerra de comida a bordo.

Zimmerman não ficou ferido, ela disse, mas viu que outros haviam se ferido. Depois que o avião pousou, os socorristas embarcaram no voo e cuidaram dos feridos, disse ela.

Zimmerman recebeu tratamento médico e uma avaliação, mas disse estar bem, acrescentando que seu filho ainda não nascido deve ter dormido durante a provação porque ela começou a chutar e ficar ativa novamente 20 minutos depois.

A companhia aérea ofereceu a Zimmerman um voucher de hotel e ela foi remarcada em um novo voo com partida na quinta-feira, disse ela.

Link de referência da matéria: https://www.cnnbrasil.com.br

0 visualização
bottom of page