top of page

Flávio Dino anuncia reforço de pelo menos 500 agentes em Roraima

Polícia Federal, Força Nacional e Força Armadas serão deslocadas para ações de combate ao garimpo na terra indígena Yanomami

O Ministério da Justiça e Segurança Pública, Flávio Dino, deu início a uma nova fase das ações para contenção da crise humanitária na terra indígena Yanomami, em Roraima.

Pelo menos 500 agentes da Polícia Federal (PF), da Força Nacional e das Forças Armadas vão participar de ações de coerção ao garimpo ilegal na região, o que inclui apreensão e destruição de equipamentos.


Segundo o ministro, o deslocamento deve ocorrer nos próximos dias. Inicialmente, 100 integrantes da Força Nacional irão reforçar a segurança em bases da Fundação Nacional dos Povos Indígenas (Funai) no território e também nos postos de saúde.

“Esse não é caminho de impunidade. Uso da força sem planejamento poderia piorar a situação em Roraima”, afirmou Dino.

Desde a criação da zona de exclusão aérea, que permitiu à Aeronáutica interceptar voos suspeitos, os garimpeiros tem deixado a área espontaneamente.


0 visualização
bottom of page