top of page

Existe posição certa para dormir? Especialista responde e dá dicas

Cada um tem o seu jeito de dormir favorito, mas algumas posições podem sobrecarregar menos a coluna do que outras

De bruços, de barriga para cima, do lado direito, do lado esquerdo ou em posição fetal. Cada pessoa tem seu jeito favorito de dormir e em que se sente mais confortável. Mas será que existe uma posição ideal para o sono e para evitar sobrecarga na coluna?


De acordo com Luciano Miller, ortopedista e cirurgião de coluna do Hospital Israelita Albert Einstein, sim, existe. “A melhor forma para dormir é de lado com um travesseiro na altura adequada, que é medido da orelha até a lateral do ombro”, orienta.

Essa é a posição que mais descansa a coluna, evitando sobrecarga e desconfortos durante a noite que, ao acordar, podem resultar em dor e no famoso “mau jeito” — segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde), cerca de 80% da população mundial sente ou ainda vai sentir dor nas costas.


Além disso, a posição de lado auxilia a manter uma boa noite de sono, o que também pode contribuir para evitar dores musculares. “Uma noite mal dormida diminui o relaxamento dos músculos. Dessa forma, a pessoa tem um aumento da dor por tensões musculares”, afirma o especialista.

Segundo um estudo realizado com ratos, publicado na revista científica Journal of Neuroscience em 2015, dormir em “decúbito lateral direito”, ou seja, virado para o lado direito, pode favorecer o sistema glinfático, uma rede de vasos responsáveis por eliminar resíduos tóxicos e metabólicos do sistema nervoso central. Isso pode ajudar na prevenção de doenças relacionadas ao declínio cognitivo, como Parkinson e Alzheimer.


Como proteger a coluna ao dormir? Veja 3 dicas

De acordo com Miller, para melhorar a postura da coluna ao dormir e garantir uma boa noite de sono reparadora, algumas dicas são essenciais. A primeira delas é, ao se deitar de lado, usar um travesseiro entre as pernas. Isso é importante para evitar tensão muscular na lombar e nos quadris.

A segunda dica é escolher o colchão a ser usado de acordo com seu peso. Isso porque os colchões possuem diferentes densidades, ou seja, a quantidade de espuma por metro cúbico. Quanto maior a densidade, mais peso e pressão o colchão suporta.

Por exemplo, um colchão D23, é ideal para quem tem até 1,80 metro de altura e 50 quilos, no máximo. Um colchão D28 pode suportar até 70 quilos e 1,90 metro de altura. Já pessoas com peso entre 70 e 100 quilos devem procurar por um colchão com densidade a partir de D33. Acima dos 100 quilos, a densidade indicada é a D45.

“É importante que o colchão seja trocado a cada 5 anos. Dependendo do seu peso, esse tempo pode ser um pouco maior ou menor”, orienta o especialista.

Por fim, também é importante escolher o travesseiro ideal. Como vimos, para a posição de lado, o travesseiro deve apoiar bem o espaço entre o ombro e a cervical, em uma altura adequada medida da orelha até a lateral do ombro. Dessa forma, será possível alinhar a coluna cervical de forma confortável.

Em relação ao melhor modelo, não existe regra: o ideal é aquele em que você se sente mais confortável. Por isso, é importante experimentar diferentes tipos de modelo e materiais antes de realizar a compra do travesseiro. Os travesseiros também devem ser trocados a cada 5 anos.


Link de referência da matéria: https://www.cnnbrasil.com.br


3 visualizações0 comentário

コメント


bottom of page