top of page

Equipe do governo que auxilia em chuvas no litoral ficará instalada no Porto de Santos

Medida foi anunciada pelo ministro de Portos e Aeroporto, Márcio França

O ministro de Portos e Aeroportos, Márcio França, informou, nesta terça-feira (21), que a equipe do governo federal que organiza as ações de apoio às pessoas afetadas pelas chuvas no litoral norte de São Paulo ficará instalada no Porto de Santos.


De acordo com França, a medida foi acertada com o ministro da Integração e Desenvolvimento Regional, Waldez Góes, por orientação do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).


“Nós estamos aqui, atentos, no litoral de São Paulo, ajudando em diversas tarefas a socorrer as pessoas que estão ilhadas lá em São Sebastião cidade mais afetada pelas chuvas na região e também em todo o litoral”, disse França, em vídeo publicado em seu perfil no Twitter.


“O ministro Waldez Góes acabou de acertar comigo que vai transferir para o Porto de Santos, na Companhia Docas de Santos, na sede da Codesp, as ações e as decisões relativas a todo esse setor de reação do governo federal”, emendou.

Segundo França, serão emitidos boletins diários sobre as ações do governo federal no litoral norte de São Paulo. Ainda no domingo (19), o ministro informou que a autoridade portuária de Santos havia liberado R$ 2 milhões às cidades atingidas pelas chuvas no litoral paulista.

Os temporais deixaram ao menos 46 vítimas no litoral paulista, segundo o governo do estado. Foram registradas 45 mortes em São Sebastião e uma morte em Ubatuba.

De acordo com o governo, 1.730 pessoas estão desalojadas e 766 permanecem desabrigadas. As buscas prosseguem nesta terça-feira (21).


Link de referência da matéria: https://www.cnnbrasil.com.br

0 visualização
bottom of page