top of page

Dia do Jornalista: conheça 6 atuações desse profissional

Desde 1931, quando a Associação Brasileira de Imprensa (ABI) decidiu homenagear o médico e jornalista Giovanni Battista Líbero Badaró, morto por inimigos políticos em 1830, se comemora em 7 de abril o Dia do Jornalista. A Classificação Brasileira de Ocupações (CBO), feita pelo Ministério do Trabalho, prevê que os jornalistas:


  • Recolhem, redigem, registram através de imagens e de sons;

  • Interpretam e organizam informações e notícias a serem difundidas, expondo, analisando e comentando os acontecimentos;

  • Fazem seleção, revisão e preparo definitivo de textos a serem divulgados em jornais, revistas, televisão, rádio, internet, assessorias de imprensa e quaisquer outros meios de comunicação com o público.


Com tantas funções, é de se imaginar que esse profissional possa trabalhar em diversas áreas. Se você está interessado pela carreira, vale conferir 6 possíveis atuações de um jornalista. Veja as possíveis atuações do jornalista

O jornalista tem muitas possibilidades de atuação; ele pode trabalhar com TV, podcasts, blogs, revistas, sites, entre outras. Para se ter ideia da variedade de atuações desse profissional, a UNIFF listou 6 caminhos que um jornalista pode seguir. Confira abaixo:


1. Reportagem Quem trabalha com reportagem é responsável por apurar fatos por meio de pesquisas, entrevistas e investigação. Após todo esse trabalho, o repórter precisa traduzir as informações coletadas em texto, vídeo, áudio ou fotos, de forma clara para que o cidadão possa compreender. Essa é uma das áreas mais dinâmicas do Jornalismo, pois cada entrevistado tem sua particularidade e está num lugar diferente; além disso, as notícias não possuem hora marcada para acontecer.

2. Mídias Sociais No Jornalismo, o profissional responsável pela gestão de conteúdos nas mídias sociais é chamado de social media. Esse profissional está sendo cada vez mais requisitado, uma vez que grande parte das empresas e organizações estão presentes no meio digital. Como as redes sociais são extremamente dinâmicas, é preciso que o social media esteja sempre se atualizando e se adequando às mudanças de cada mídia. Entre os objetivos dessa área do Jornalismo, estão gerar engajamento e atrair seguidores.

3. Assessoria de Imprensa O assessor de imprensa é responsável pela imagem de uma empresa ou organização, tanto interna quanto externa. Além disso, esse profissional deve promover mídia espontânea nos meios que os clientes em potencial utilizam. Apesar dessa lista se referir aos trabalhos feitos por pessoas formadas em Jornalismo, é válido mencionar que os graduados em Relações Públicas também assumem cargos de assessoria de imprensa.

4. Fotojornalismo O fotojornalista conta uma notícia ou uma informação por meio de imagens. Assim como as palavras, uma foto também pode registrar a história. O fotojornalismo pode estar integrado num texto escrito, mas também pode ser o protagonista de uma notícia. Jornais, revistas e agências de notícias são alguns exemplos de empresas que contratam fotojornalistas.

5. Checagem O jornalista que trabalha com checagem de fatos é responsável por averiguar a veracidade das informações que estão circulando, principalmente, na internet. Em outras palavras, esse profissional busca desmistificar as “fake news” que estão sendo compartilhadas como verdadeiras. Esse é um novo nicho para o jornalismo. Isso porque a internet potencializou o alcance de conteúdos falsos, fazendo com que fosse necessário um profissional destinado a verificar a autenticidade de informações no meio digital.

6. Marketing O jornalista pode atuar em diversas áreas da comunicação, como o marketing. Nesse caso, o profissional trabalha na parte de redação de textos, desde a produção até a revisão e edição. Além disso, no marketing, o jornalista pode montar planejamentos e definir estratégias. Com a internet, as oportunidades nesse ramo se ampliaram.

0 visualização
bottom of page