top of page

Criação de vagas no setor privado dos EUA fica abaixo do esperado em janeiro

Queda nos empregos sugere algum arrefecimento no mercado de trabalho

A criação de vagas no setor privado dos Estados Unidos aumentou bem menos do que o esperado em janeiro, sugerindo algum arrefecimento no mercado de trabalho.

O emprego privado aumentou em 106 mil postos no mês passado, mostrou o Relatório Nacional de Emprego da ADP nesta quarta-feira (1º).


Os dados de dezembro foram revisados para cima para mostrar 253 mil empregos criados, em vez de 235 mil, conforme relatado anteriormente. Economistas consultados pela Reuters previam que os empregos privados aumentariam em 178 mil unidades em janeiro.

O relatório da ADP, desenvolvido em conjunto com o Laboratório de Economia Digital de Stanford, foi publicado antes de um relatório de emprego mais abrangente e acompanhado de perto do Departamento do Trabalho dos EUA. Os dados do governo referentes a janeiro serão divulgados na sexta-feira.

Os números da ADP têm sido preditores ruins do dado de criação de vagas privadas no relatório de emprego do Departamento do Trabalho.

De acordo com uma pesquisa da Reuters com economistas, a criação de vagas fora do setor agrícola norte-americano provavelmente foi de 185 mil empregos em janeiro, após um aumento de 223 mil em dezembro.

O Federal Reserve deve aumentar sua taxa básica de juros em 25 pontos-base nesta quarta-feira. No ano passado, o banco central dos EUA aumentou essa taxa em 4,25 pontos percentuais, de quase zero para uma faixa de 4,25% a 4,50%, a maior desde o final de 2007.

1 visualização
bottom of page