top of page

Como fazer exercícios pela manhã? Aprenda a motivar seu corpo

Treinar de manhã pode trazer benefícios; à CNN, especialistas ajudam a fazer disso um hábito

Apesar de parecer mais desafiador, fazer exercícios pela manhã pode ser extremamente benéfico, tanto para a saúde, quanto para a rotina cheia do dia a dia. Por tais motivos, cada vez mais pessoas aderem ao time dos treinos matutinos.


Segundo Matheus Vianna, personal trainer da equipe do Instituto Nutrindo Ideais, treinar nos primeiros horários do dia pode gerar maior disposição para aproveitar as atividades que ainda virão nas horas restantes, além de ajudar a manter o metabolismo acelerado e o corpo mais ligado e alerta, principalmente entre os que realizam atividades aeróbicas, como correr, pedalar ou nadar.

“Exercícios de força também são beneficiados pelo fato de os níveis de insulina e cortisol serem mais altos pela manhã”, explicou o profissional em conversa com a CNN.


Além disso, treinar de manhã pode auxiliar pessoas que têm como foco emagrecer e portadores de diabetes. Isso porque alguns estudos sugerem que as células (fibras) musculares podem ter mais facilidade para metabolizar açúcar e gordura nesse período.

Por outro lado, pode não ser fácil pular da cama de manhã para movimentar o corpo. À CNN, profissionais trazem maneiras de aprender a motivar o corpo a treinar nos primeiros horários do dia. Confira!

PUBLICIDADE

Aprenda a motivar seu corpo a fazer exercícios pela manhã

O que saber antes de começar a treinar

Segundo Luiz Augusto Costa, médico do esporte do Alta Diagnósticos, da rede Dasa, antes de começar qualquer rotina de treino é fundamental se atentar ao “check-up”, ou seja, realizar uma avaliação médica de rotina, e entender as primeiras recomendações para iniciar uma atividade esportiva.

O profissional explica que algumas condições exigem cuidados e a realização de um exame mais preciso antes do esforço. Além disso, ressalta a importância de sempre “perceber o próprio corpo”.

“A atividade física tem que ser uma percepção do próprio corpo, e quando a gente sente alguma coisa que nos deixa em dúvida, seja uma fadiga fora do normal, um desconforto torácico, uma dor de cabeça, uma sensação de desmaio ou até uma dispneia, que é a falta de ar muito intensa, é importante fazer acompanhamento com um profissional”, apontou Luiz.

De acordo ainda com o médico, alguns exames poderão ser essenciais para determinar até mesmo o próprio treino. “O teste de esteira, por exemplo, também dá essa condição de você achar a sua zona de treino, de ter uma melhor resposta, para além de ter segurança, ter a melhor eficiência do exercício.”

Também é fundamental ressaltar que existe individualidade e disposição de cada um. “Existe uma individualidade biológica que a gente chama de perfil, existem pessoas que são mais matutinas, que de manhã funcionam melhor, acordam mais dispostas, têm maior ativação e pessoas que têm isso mais ao final do dia, então também é fundamental entender esse perfil”, pontua o médico do esporte.

“No fim, dependerá do próprio indivíduo e do tipo de exercício”, ressalta Matheus Vianna.

Vantagens de fazer exercícios pela manhã

Luiz Augusto ressalta que durante a parte da manhã, é comprovado que há um maior trabalho cardiovascular. Por conta disso, o indivíduo tem maior facilidade em se adaptar aos treinos. “Pessoas que querem melhorar a função cardíaca, função respiratória, a capacidade aeróbia, treinar de manhã pode ter um efeito maior porque o corpo está sendo desafiado e irá apresentar uma adaptação mais intensa nessa condição”, explica.

Treinar de manhã também pode ajudar, com maior eficácia, o organismo a produzir melhor substâncias como serotonina e dopamina, responsáveis por sentimentos de bem-estar e felicidade.

“Tem também o fato de que as pessoas geralmente acordam mais tranquilas para começar uma atividade sem a interferência de outros afazeres do dia, que virão apenas mais tarde. Às vezes, no final do dia, a gente já teve uma série de tarefas e, por vezes, decepções, preocupações, que podem interferir na disposição para o exercício físico”, ressalta Luiz.

Como tornar o exercício de manhã um hábito

Segundo Matheus Vianna, é essencial escolher atividades que sejam motivadoras ao acordar. “O exercício físico passa por uma questão comportamental que não pode ser descartada. Exemplo claro disso é que existem pessoas que amam ir para academia e outras que têm mais prazer em acordar para fazer esportes mais dinâmicos”, diz ele.

“Ter orientação profissional, assumir o compromisso com um amigo, parente, alimentar-se de forma adequada até tornar-se um hábito e dormir bem são as dicas fundamentais”, complementa o personal. Os profissionais também indicam estabelecer uma rotina de compromisso consigo mesmo.

“Uma das coisas importantes é deixar o seu tênis colocado ali do lado da cama, a roupinha dobradinha, para quando você acordar já estar tudo pronto para você se vestir e ir para a academia. Essas coisas facilitarão o processo”, aconselha Luiz Augusto.

Pela manhã, pode ser interessante tomar um banho para “despertar” mais para o início das atividades do dia. Quanto à alimentação para antes do treino, o médico do esporte indica sucos e o consumo de carboidratos como principais, “pois a energia para o treino está ligada diretamente a esses alimentos.”

Também é necessário se atentar à alimentação do dia anterior. “É preciso ter uma alimentação de uma digestão fácil para conseguir dormir. Alimentos com mais fibras que tenham menos quantidade de gordura são fundamentais”, complementa o profissional.

“Nas entre linhas, o essencial é que se crie uma rotina de saúde, até que o objetivo final se torne um hábito. Dessa forma, tais atitudes serão tão automáticas que não serão mais pensadas para a sua execução e você terá um treino de maior disposição e eficácia”, conclui Matheus.


Link de referência da matéria: https://www.cnnbrasil.com.br

0 visualização0 comentário

Comentários


bottom of page