top of page

Céu de junho traz conjunções entre astros celestes

Veja principais fenômenos do mês, segundo guia de efemérides astronômicas do Observatório do Valongo, da UFRJ

Para os observadores do céu noturno, o mês de junho chega trazendo diversas conjunções entre os corpos celestes.


Após meses agitados, com chuvas de meteoros, cometas e eclipses, aqueles que são apaixonados por astronomia terão se contentar com apreciar as conjunções entre os astros.

Uma conjunção ocorre quando dois ou mais corpos celestes aparecem bem próximos no céu — uma ilusão de ótica, já que eles seguem separados por milhares de quilômetros no espaço.


Geralmente as conjunções são observáveis a olho nu, e costumam render belas fotos astronômicas.

Além dos astros celestes, junho também marca o início de uma nova estação, com o Solstício de Inverno no hemisfério sul no dia 20, o dia mais curto do ano.


Veja abaixo os principais fenômenos astronômicos do mês de junho, de acordo com o guia de efemérides astronômicas do Observatório do Valongo, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

  • 2/6: Conjunção entre Lua e Marte antes do amanhecer, na direção leste;

  • 4/6: Conjunção entre Júpiter e Mercúrio, na direção leste. Os astros estarão separados por apenas 0,1°, mas estarão muito próximos do horizonte, pouco antes do amanhecer;

  • 5/6: Conjunção entre Lua, Júpiter e Mercúrio, na direção oeste. Os astros estarão bem próximos do horizonte, durante o crepúsculo, pouco antes do amanhecer;

  • 27/6: Conjunção entre a Lua e Saturno, durante a madrugada;

  • 28/6: Júpiter passa ao lado do aglomerado de estrelas das Híades, antes do amanhecer, na direção leste.


guia de efemérides astronômicas é produzido desde 2016 pelo Observatório do Valongo, da UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro), e traz os principais fenômenos que podem ser vistos no céu noturno a cada ano.

Com o objetivo de resgatar o interesse pela contemplação celeste, o material lista mês a mês quais corpos celestes estarão visíveis e qual a melhor forma de procurá-los. Além de trazer explicações simples sobre astronomia.

O guia completo, com mapas do céu, pode ser baixado gratuitamente aqui.

Confira aqui aplicativos de astronomia para ajudar a localizar e acompanhar os fenômenos astronômicos no céu noturno.


Link de referência da matéria: https://www.cnnbrasil.com.br

0 visualização0 comentário

留言


bottom of page