top of page

Asteroide passará muito próximo da Terra nesta sexta-feira

Nasa prevê que será uma das aproximações mais próximas de um objeto já registrada

O sistema de monitoramento da Nasa prevê que um asteroide do tamanho de um caminhão baú deve passar muito próximo do planeta Terra nesta sexta-feira (26).


A empresa norte-americana acredita que será uma das aproximações mais próximas de um objeto já registrada, com apenas 3.600 quilômetros de distância da superfície terrestre e já dentro da órbita dos satélites.

Chamado de “2023 BU”, o asteroide passará sobre o extremo sul da América do Sul por volta das 21h27, no horário de Brasília.


Apesar disso, a Nasa afirma que não há risco de o asteroide se chocar contra o planeta. E ressalta que, mesmo se que isso acontecesse, o objetivo, de 3,5 a 8,5 metros de diâmetro, se desintegraria na atmosfera, tornando-se inofensivo.


Caso o choque com o planeta ocorresse e o asteroide se desintegrasse, os maiores detritos poderiam cair como pequenos meteoritos, sem grandes riscos previstos para a população.


O asteroide 2023 BU foi descoberto pelo astrônomo amador Gennadiy Borisov, descobridor do cometa interestelar 2I/Borisov, em seu observatório MARGO em Nauchnyi, na Crimeia, no último sábado (21) de janeiro.


Nos três dias seguintes, vários observatórios ao redor do mundo fizeram dezenas de observações, ajudando os astrônomos a refinar melhor a órbita do asteroide.


Link de referência da matéria: https://www.cnnbrasil.com.br

1 visualização
bottom of page