top of page

Após depredação, STF e Cortes se preparam para abertura do ano judiciário

O ano judiciário se inicia na quarta-feira (1º); a CNN apurou que o plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) já está pronto para voltar a receber sessões de julgamento após os atos criminosos de 8 de janeiro

Mais de três semanas após os atos criminosos de 8 de janeiro que depredaram os prédios da Praça dos Três Poderes, o Judiciário vai iniciar o ano na próxima quarta-feira (1º). A CNN apurou que o plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) já está pronto para receber sessões de julgamento e haverá vários discursos.

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) também iniciará o ano judiciário de 2023 no dia 1º de fevereiro, com sessão da Corte Especial marcada para as 14h.


O Plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) também realiza no mesmo dia sessão, às 19h, que apresentará em pauta o julgamento de listas tríplices e recursos.

Em relação a outros espaços do STF, o tempo de reconstrução pode ser mais elevado em razão da destruição de cabos de energia e internet.

A CNN também apurou que há uma proposta de fundo de investimento que poderá receber recursos de órgãos públicos e iniciativa privada. O tema ainda está sendo analisado.

A previsão é de que o laudo descritivo da Polícia Federal (PF) seja liberado em meados de fevereiro.

Os papiloscopistas da Polícia Federal coletaram digitais, materiais genéticos, pegadas e outros itens que podem identificar como ocorreram os crimes contra o STF e quem os praticou.

4 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page