top of page

Ações de Hong Kong atingem mínima de 1 mês com aumento de tensões entre EUA e China

Mercado também acompanhou a queda de outras ações asiáticas, depois que o último relatório de empregos nos Estados Unidos renovou as preocupações sobre mais aumentos de juros pelo Federal Reserve

As ações de Hong Kong fecharam na mínima de um mês e as da China caíram nesta segunda-feira (6), uma vez que as tensões geopolíticas sino-americanas elevadas devido a um suposto balão de espionagem afetaram o sentimento dos investidores.

O mercado também acompanhou a queda de outras ações asiáticas, depois que o último relatório de empregos nos Estados Unidos renovou as preocupações sobre mais aumentos de juros pelo Federal Reserve.

O índice CSI 300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, fechou com queda de 1,32%, enquanto o índice de Xangai caiu 0,76%. O índice Hang Seng de Hong Kong perdeu 2,02% no dia.

Um caça militar dos EUA derrubou um suposto balão espião chinês no sábado, uma semana depois de ele ter entrado no espaço aéreo norte americano pela primeira vez, desencadeado uma dramática saga de espionagem que obscureceu as já tensas relações sino-americanas.

A China condenou veementemente o ataque militar ao balão, que diz ter sido usado para questões meteorológicas e outros fins científicos.

“Sem dúvida, o incidente é uma manchete negativa para o mercado”, disse Yuan Yuwei, gerente de fundos de hedge da Water Wisdom Asset Management. “O forte relatório de empregos nos EUA também esfriou a febre das percepções de ‘mudanças sobre os juros’, levando a um dólar em alta e a uma queda do iuan.”

O iuan atingiu o menor nível em quase um mês em relação ao dólar, e os mercados preveem de forma geral que os riscos geopolíticos elevados possam limitar o espaço da moeda local para novas altas.

  • Em TÓQUIO, o índice Nikkei avançou 0,67%, a 27.693 pontos.

  • Em HONG KONG, o índice HANG SENG caiu 2,02%, a 21.222 pontos.

  • Em XANGAI, o índice SSEC perdeu 0,76%, a 3.238 pontos.

  • O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, retrocedeu 1,32%, a 4.086 pontos.

  • Em SEUL, o índice KOSPI teve desvalorização de 1,70%, a 2.438 pontos.

  • Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou baixa de 1,34%, a 15.392 pontos.

  • Em SINGAPURA, o índice STRAITS TIMES valorizou-se 0,05%, a 3.385 pontos.

  • Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 recuou 0,25%, a 7.539 pontos.


0 visualização
bottom of page