top of page

7 coisas que a série não te conta sobre a carreira em marketing

Nesta quarta-feira (21) a Netflix lançou a terceira temporada de Emily em Paris. A série conta a vida de uma executiva de marketing, chamada Emily Cooper. A jovem ganha a oportunidade dos sonhos: trabalhar em Paris. Inicialmente, quem faria a viagem era sua chefe, Madeline Wheeler. Porém, Madeline descobrir uma gravidez e a promoção vai para Emily.

A partir dessa premissa, a executiva de marketing começa a viver suas aventuras na capital francesa, encarando desafios para se adaptar em uma nova cultura. No meio disso, ainda há a questão dos relacionamentos de Emily, que vive até triângulos amorosos.


7 coisas que Emily em Paris não te conta sobre a carreira em marketing

A protagonista de Emily em Paris, Emily Cooper, é uma executiva de marketing norte-americana. A personagem é enviada para Paris a fim de trazer uma visão do seu país sobre o marketing.

Se você assistiu à produção e se interessou pela área, saiba: o que Emily em Paris mostra sobre a carreira em marketing é apenas um fragmento do que a profissão pode ser. Há muitos outros fatos e características que a série não te conta. Descubra a seguir!

1. Os tipos de formação para o curso de Marketing

Existem diversos tipos de formação para o curso de Marketing. Além do bacharelado, há também as opções de tecnólogo, pós-graduação e técnico. Assim, é possível ver qual desses níveis de ensino mais se encaixa na sua realidade e nos seus planos e, dessa forma, construir uma carreira na área.

Na série, não sabemos a trajetória acadêmica de Emily Cooper, mas imagina-se que a personagem tenha estudo formal em Marketing, uma vez que suas ações no trabalho costumam ser bem técnicas e certeiras.

2. As disciplinas de um curso de Marketing

Uma das coisas que a série não mostra é como funciona um curso de Marketing e o que se estuda nessa formação. As disciplinas variam conforme nível de ensino, isto é, se o curso é bacharelado, tecnólogo, pós-graduação e técnico.

Num curso tecnológico, por exemplo, há aulas sobre o campo de gestão e conteúdos específicos de marketing. Já no bacharelado, há disciplinas como economia, sociologia e estatística.

3. O custo de uma faculdade de Marketing

Na série Emily em Paris não dá para ter noção de quanto custa uma faculdade de Marketing. Isso porque a Emily já é formada e, além disso, a personagem estudou nos Estados Unidos.

Trazendo para realidade brasileira, o curso de Marketing pode variar bastante no quesito preço. Para se ter uma ideia: na UNIFF é possível encontrar mensalidades a partir de R$ 96,00.

4. Onde um profissional de Marketing pode trabalhar

Em Emily em Paris, a protagonista trabalha numa empresa de marketing francesa. Mas a carreira na área não se restringe a empresas e agências como a da série. Há um campo muito mais vasto para o profissional da área, uma vez que diversos tipos de negócio precisam do serviço desse profissional.

Alguns exemplos de lugares onde um profissional de Marketing pode trabalhar são: empresas agroindustriais, industriais, de comercialização e serviços em geral. Além disso, é possível atuar em institutos de pesquisa e órgãos públicos.

5. O salário de um profissional de Marketing

Emily Cooper vive uma rotina desejada por muitos: em Paris, a personagem frequenta restaurantes chiques e eventos de elite, utiliza roupas de grife, viaja para os lugares mais badalados, etc. Mas, a série não menciona quanto a executiva ganha para manter esse estilo de vida.

Diante dessa expectativa que a série cria no espectador, é importante contextualizar a realidade no Brasil. Aqui, segundo levantamento da UNIFF, o salário médio de um Marketing é de R$ 4.711,01. O maior salário médio por Estado é de R$ 5.232,66, em São Paulo.

6. As habilidades esperadas de um profissional de Marketing

Na série Emily em Paris, a protagonista se destaca por sua criatividade, proatividade e capacidade de se reinventar. Mas essas não são as únicas características esperadas de um profissional de Marketing.

Na vida real, algumas das habilidades exigidas desse trabalhador são: liderar pessoas; tomar decisões; agir com empatia; saber ouvir; trabalhar em equipe; etc. Raciocínio analítico, organização e flexibilidade também são atributos bem-vindos.

7. Quais são os cargos dentro da área de Marketing

Em Emily em Paris é possível se aprofundar numa empresa francesa. Lá, nota-se as funções existentes em uma companhia e a hierarquia de cargos num negócio daquele porte. Nesse contexto, Emily ocupa a posição de executiva de marketing.

Há, ainda, outras possibilidades dentro da área de marketing, como: Analista de Marketing; Profissional de Relações Institucionais e Governamentais; Gerente de Comunicação; Gerente de Marketing; Head de Growth; Gerente de Produto; Assistente de Marketing; etc.


2 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page